O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ninguém entra ou sai da Itália; quarentena de pelo menos 15 milhões de pessoas no norte do país!



Cidadãos italianos estão confinados até a segunda ordem

Viagens de Milão a Veneza devem se limitar a requisitos profissionais e situações de emergência devidamente verificados

A situação se agrava na Itália, considerado o país mais afetado da Europa. E com a propagação do coronavírus, autoridades italianas colocam em quarentena pelo menos 15 milhões de pessoas no norte do país.

Na noite deste sábado, o conselho italiano assinou um decreto que limita fortemente as viagens em uma grande área. Cinemas, teatros e museus estão fechados em todo o país. A ordem é que pessoas evitem sair de casa.

O país mais afetado da Europa pelo coronavírus, a Itália aumenta rapidamente seu nível de alerta, deixando a população em pânico.

 O governo decidiu colocar em quarentena nas próximas horas toda a Lombardia, incluindo a capital econômica do país, Milão, bem como a região de Veneza, norte da Emília-Romanha e leste do Piemonte.

Área de confinamento

A medida foi confirmada pelo presidente do conselho, Giuseppe Conte. Portanto, a partir deste domingo até 3 de abril, os movimentos de pelo menos 15 milhões de italianos serão estritamente limitados à entrada e saída desses territórios em quarentena e dentro desta zona.

Na noite deste sábado, a mídia italiana havia revelado o conteúdo de uma primeira versão deste decreto, amplamente confirmada pelo Sr. Conte em cadeia de televisão, e publicado no Jornal Oficial, que entra em vigor em caráter de emergência.

De acordo com o texto publicado no site do governo, as viagens nesta vasta área, que se estende de Milão a Veneza, devem se limitar a "requisitos profissionais e situações de emergência devidamente verificados, por motivos de saúde".

 Além disso, para evitar viagens profissionais, empresas, públicas e privadas, são convidadas a colocar seus funcionários em férias.

O governo também ordenou o fechamento de cinemas, teatros, museus, pubs, salas de jogos, escolas de dança, discotecas e outros locais semelhantes, em todo o território nacional. 

No entanto, ainda será possível fazer compras durante a semana ou ir a um bar ou restaurante, desde que seja respeitada a distância de segurança de pelo menos um metro entre os clientes.

Todos os eventos e competições esportivas, independentemente da sua natureza, estão suspensos. Somente competições ou treinamentos para atletas profissionais que participam dos Jogos Olímpicos ou de eventos nacionais ou internacionais são autorizados.

Walther Alvarenga






Nenhum comentário