O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mulher mais velha da Espanha, de 113 anos, supera o coronavírus

María Branyas, de 113 anos, supera o coronavírus e surpreende médicos  
Diagnosticada com a Covid-19, María Branyas, de 113 anos, superou a doença ao testar negativo no último teste


Foi inacreditável quando o teste de María Branyas, de 113 anos  - diagnosticada com a Covid-19, deu negativo, após permanecer isolada em seu quarto durante semanas. Apontada como a mulher mais velha da Espanha, ela deu uma lição ao mundo e mostrou que os idosos também podem, sim, superar o coronavírus.  

Segundo a associação do Grupo de Pesquisa em Gerontologia de Olot, Girona, cidade onde a mulher reside, a sua recuperação impressionou a todos – médicos e enfermeiros –, diante da força de vida e otimismo.

María foi diagnosticada em abril com a Covid-19, permanecendo isolada por várias semanas no seu quarto, mas deu resultado negativo para a presença do vírus no último teste, o que mostra que superou a doença.

Importante ressaltar que o local onde María Branyas reside, foram registradas e confirmadas várias mortes pela Covid-19.

Ela é filha de um jornalista de Pamplona, responsável pela revista americana “Mercúrio”. María Branyas nasceu a 4 de março de 1907 em São Francisco, nos EUA, para onde o pai foi trabalhar depois de passar uma temporada no México.

Walther Alvarenga

#NãoSaiadeCasa

Nenhum comentário