O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Confrontos violentos transformam Nova York, Los Angeles e Washington em cenário de guerra

Loja de Nova York com vitrine destruída pelos protestos

Violentos protestos pela morte de George Floyd – homem negro morto por Derek Chauvin, policial branco de Minneapolis  – desencadeiam onda de protestos nos grandes centros dos EUA

O cenário é desolador em Nova York desde que desencadeou a onda de protestos pela morte de George Floyd – homem negro morto por Derek Chauvin, policial branco de Minneapolis, no estado de Minnesota. Lojas foram depredadas, vitrines destruídas, incluindo a famosa Macy's, na rua 34, preocupando autoridades. O governador do estado dde Nova York, Andrew Cuomo, tentou estabelecer um toque de reconhecer nesta segunda-feira, mas não resolveu.

Lojas saqueadas e destruídas por vândalos em Nova York
A terça-feira amanheceu tensa em Nova York, com destruição em vários pontos de Manhattan e Brooklyn, resultado dos confrontos entre policiais e a população exaltada, onde garrafas de vidro e lixo foram atirados contra as forças de segurança enquanto os policiais usavam cassetetes e faziam prisões.

E não bastasse o dilema que Nova York enfrenta no combate a Covid-19, agora surge outro problema – de gravidade –, a onda de confrontos racistas, envolvendo milhares de manifestantes.

Lojistas disseram que foi noite de terror 

Nova York vazia, mas o clima é de tensão nas ruas

Vitrine desta loja foi destruída 

Sacos de lixo foram violados

Cadeira de rodas abandonada em meio ao caos 
Inclusive, em outros grandes centros urbanos, como Los Angeles, Atlanta, e a capital Washington aconteceram confrontos violentos. O Departamento de Polícia dessas cidades redobraram o número de policiais nas ruas.

Walther Alvarenga

#NãoSaiadeCasa



Nenhum comentário