Você acredita em Óvnis? Mãe e seis filhos relatam contato com extraterrestres.

Relato de mãe e filhos impressiona ufólogos 
Caso aconteceu no Reino Unido e mobiliza ufólogos britânicos
Você pode não acreditar em disco voador e nem ter aceitado a história do ET de Varginha, mas – verdade ou ilusão de ótica -, o fenômeno continua acontecendo. Uma mãe, Joyce Westerman, e os seis filhos declararam que um disco voador aterrissou no chão próximo a casa onde residem em Normanton, West Yorkshire, no Reino Unido.
Segundo relato da mãe, confirmado pelas crianças, três "homens muito altos em ternos de prata" apareceram ao lado deles. Antes dos homens surgirem, uma das filhas de Joyce, de oito anos, teria corrido para a cozinha e lhe comunicado que um avião havia pousado em um campo, próximo da casa. A mulher saiu às pressas para ver.
“A minha filha estava muito assustada com a intensidade da luz que quase a cegou”, lembra. O britânico Philip Mantle, ufólogo e pesquisador sobre o assunto ouviu o relato da mãe e dos filhos e disse que havia coerência no que falaram, com detalhes importantes sobre a aparição.  
O ufólogo Philip Mantle ouviu a mãe e seus seis filhos
Philip Mantle é um estudioso em Ufologia e conta que, segundo os relatos, o disco voador teria pousado em campo aberto, próximo da residência.

“Apenas alguns metros de distância. A nave pousou no chão de um campo aberto, emitindo luzes brilhantes”. 

"A nave era da cor cinza maçante e tinha a aparência de um chapéu mexicano. Ao redor do objeto estavam três homens altos que pareciam estar vestidos com ternos de prata”, relata Joyce. 
Joyce Westerman e as seis crianças foram entrevistadas por pesquisadores de Ufologia. O caso foi passado à imprensa pelo veterano investigador de Ufologia, Philip Mantle, que se diz impressionado com a riqueza de detalhes.
“Tudo o que aconteceu não poderia ser imaginado por uma mulher e seis crianças, simultaneamente”, diz Mantle."Os tripulantes do OVNIs, descritos pela senhora Joyce, são supostamente idênticos aos relatos de nossas pesquisas”, enfatizou Mantle, que encaminhou o caso para o colega ufólogo da Mark Birdsall, da Yorkshire UFO Society. 
No relato de Joyce e das crianças, "Os extraterrestres pareciam apontar para um instrumento escuro no chão".  Ela disse que pareciam carregar “uma tocha sem luz”. Outro detalhe: “quando a nave decolou”, lembra Joyce, não emitiu som, nem mesmo quando ficou na posição vertical e “se retirou com velocidade impressionante”.

O ufólogo Philip Mantle disse que este foi o melhor relato, com detalhes, que superou os depoimentos anteriores, com pessoas que alegam ter tido contato com extraterrestres. O caso será narrado na Conferência UFO do Outer  Limits Magazine em Hull, no dia 9 de setembro.

Walther Alvarenga

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.