Forte tempestade e ventos deixam Roma em estado de alerta.

 
Coliseu está intransitável e visitas foram canceladas neste domingo
O Coliseu está inundado e ruas da cidade estão intransitáveis

Os moradores de Roma e região da Itália estão apreensivos com a chuva intensa, com ventos fortes na região, inundando praças e ilhando casas. Todos temem que seja reflexo dos sucessivos furacões que atingem os EUA.

O Coliseu amanheceu inundado neste domingo, obrigando os agentes de turismo e hotéis de Roma a cancelarem as visitas agendadas.

As estradas de acesso têm pontos de alagamentos, os rios aumentaram o volume das águas e vários pontos de Roma estão intransitáveis. Ainda há o alerta em algumas áreas da Ligúria, onde as chuvas foram intensas.

Em vários pontos de Roma há inundações
Há feridos devido ao temporal que caiu na província de Pisa. Estradas foram fechadas com desvios na Lombardia e Toscana.

O mau tempo, tempestades e ventos fortes na cidade de Roma provocaram inundações inconvenientes. Em Ligúria foi acionado o alerta vermelho até que o tempo na região melhore.  Ainda há risco de inundações, segundo alerta dos meteorologistas.

Na região de Pisa houve desabamento
De acordo com informações preliminares, os ventos fortes e tempestades não trouxeram danos significativos, mas há e inundações em Tigullio, especialmente em Chiavari e Rapallo e Portofino. 

O Departamento de Proteção Civil Giacomo Giampedrone irá fornecer uma atualização dos estragos que ocorreram no centro operacional da Defesa Civil em Gênova.

Ventos fortes e tempestade provocaram estragos na região de Roma
Em Pisa uma forte tempestade causou a queda de muitas árvores em estradas provocando inundações. Centenas de telefonemas foram recebidos pelos bombeiros com pedidos de socorro. As equipes de emergência estão trabalhando intensamente desde as primeiras horas deste domingo para atender a população.

Há problemas também em Versilia devido a uma tempestade forte no final da noite acompanhada por relâmpagos, trovões e vento. Bombeiros foram acionados devido às inundações na região

Na Lombardia, por exemplo, foi fechado um trecho da rodovia 340 do km 17 ao km 18, na aldeia de província Argento de Como, com deslizamento de terra. 

Walther Alvarenga


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.