Atropelamento em Sochi, na Rússia, deixa pessoas feridas e um morto.

Local dos atropelamentos em Sochi é isolado pela polícia
Motorista conta à polícia que dormiu ao volante, descartando terrorismo.

O acontecimento foi inesperado, deixando a cidade de Sochi, anfitriã da Copa da Rússia, em alerta. De repente um Nissan preto, dirigido por um rapaz de 20 anos, atravessou a pista e atingiu um grupo de pessoas que caminhava pela calçada. Houve pânico e um senhor de 63 anos morreu no local.

Segundo a polícia local, seis pessoas foram atropeladas, culminando na morte de um homem – até o momento não identificado. O atropelamento aconteceu tão rapidamente que não houve tempo para os pedestres escaparem.

Um homem de 63 anos morreu no local do atropelamento
O motorista do Nissan, contou à polícia que ele teria dormido ao volante, provocando a tragédia.

Nissan capotou logo após os atropelamentos em Sochi
As autoridades abriram uma investigação, mas as primeiras pistas recolhidas indicam que o condutor teria mesmo dormido no volante.

Foi um corre-corre e acreditava-se tratar de um ato terrorista, o que foi descartado pela polícia. Pessoas levaram flores e velas e depositaram no local dos atropelamentos, em memória ao senhor que perdeu a vida. 

Walther Alvarenga

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.