O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Erro dos pais pode levar o filho para prisão nos EUA




Vitor Fraga com o pai, pouco antes de embarcar para os EUA.
Este o caso de Vitor Fraga, de 15 anos, detido em Chicago.

O drama enfrentado pelo adolescente Vitor Fraga, de 15 anos, que está detido em um centro para menores em Chicago, nos EUA, retrata o despreparo e falta de atenção dos familiares na questão de imigração.

 O fato é que o Vitor desembarcou na companhia da avó no aeroporto de Houston, no Texas, com objetivo de pegar um outro voo para São Francisco, na Califórnia, onde se encontraria com a madrinha.

Evidente que o inesperado iria ocorrer, pois o garoto embarcou desacompanhado dos pais – embora tivesse autorização para isso -, mas no país de Donald Trump as coisa não funcionam desta maneira. Como assim? Explico:

O visto no passaporte de Vitor Fraga é o B2 – Visto para turismo -, portanto, ele não poderia jamais ter se matriculado em escola americana – mesmo que para fazer um curso de inglês -, sem o Visto adequado, que no caso dele seria o Visto de  estudante – Oi-20 – uma espécie de autorização para o Consulado Americano dizendo que o solicitante já fechou negócio com a instituição de ensino e ficará nos EUA estudando por determinado tempo.

O que ocorreu? A “santa ingenuidade” da tia do Vitor o matriculou em uma escola pública de São Francisco, o que é ilegal, pois o garoto portava visto de Turismo. Ela infringiu a Lei americana.


Vitor está detido em Chicago
Outro fator agravante: quando um menor chega aos EUA, desacompanhado dos pais – exceto que tenha o visto de estudante -, o Oficial de Imigração desconfia. É um profissional preparado e já flagrou adolescentes em condições irregulares tentando entrar no país.

E para infelicidade do garoto fluminense, o Oficial checou o status do Vitor no computador e encontrou no sistema a sua matrícula na escola pública de São Francisco. Isso foi fatal. Mentir nos EUA é sentença para deportação ou prisão.

Tem gente sensibilizada com a história do garoto, mas o erro foi dos pais, endossado pelo despreparo da tia.  Resultado, o Vitor continua preso e ele não será liberado até que se apresente perante o Juiz na Corte Americana, para explicar o que aconteceu.

Quando as coisas são feitas dentro de normas e critérios nada dá errado. Agora, tentar enganar um sistema rígido americano, é o mesmo que dar um tiro no próprio pé. O Vitor não tem culpa alguma, mas os pais e a tia são os vilões desse lamentável episódio.

Walther Alvarenga


 .

2 comentários:

  1. Eu acho os EUA um país cruel, terrorista, explorador, torturador, sanguinário e pirata. A "democracia dos EUA' é na realidade uma farsa. Eles, os EUA podem tudo e os outros não podem nada. Sou brasileiro de corpo e alma e não troco o Brasil por outro país. Aqui no Brasil o que falta é mais amor ,mais humildade, mais partilha, solidariedade e ética. É uma pena que no Brasil a gente não aplique as mesmas medidas em relação os norte americanos que vez e e sempre vem cagar no nosso país.

    ResponderExcluir
  2. Nem todos têm a oportunidade que você tem. O país é governado por bandidos e bandidos na rua. Assim milhares sofrem.. então você deveria começar a ajudar seu povo. Pais que vai às ruas pelo futebol, carnaval, e parada gay. Mas lutar contra os políticos que roubam milhões ninguém vai. Me desculpe mas vc deve ser um político ladrao..

    ResponderExcluir