O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Supremacistas brancos e grupo antirracismo entram em confronto nos EUA


A cidade de Charlottesville viveu momentos de terror

Charlottesville, na Virgínia, se transformou em campo de guerra.

Foram momentos de terror. Gritos, corre-corre e desespero durante as manifestações de supremacistas brancos e manifestantes antirracismo - neste sábado -, quando  houve confrontos nas ruas de Charlottesville, na Virgínia. Os dois grupos trocaram gritos, socos, arremessaram garrafas de água e dispararam sprays de pimenta uns contra os outros ( assista ao vídeo abaixo)

Ativistas vestidos com roupas militares carregavam escudos e exibiam armas de grosso calibre pela cidade. Inesperadamente, um carro avançou sobre a multidão e deixou pelo menos seis pessoas feridas, mas ainda não há confirmação da gravidade.
Os ativistas tinham marcado um protesto na cidade, denominado “Unir a Direita”, para a tarde deste sábado. As autoridades esperavam que 6.000 pessoas comparecessem. Mas, devido aos confrontos, o governo da Virgínia declarou estado de emergência e proibiu o ato. A polícia passou a ordenar aos manifestantes que deixassem as ruas. Uma pessoa foi presa.


Carro invade manifestações e atropela várias pessoas 
Na noite de sexta-feira, em Charlottesville, também teve briga nas ruas. Carregando tochas, centenas de supremacistas brancos promoveram uma marcha com tochas e palavras de ordem contra imigrantes, negros, homossexuais e judeus. Foi uma das maiores manifestações da extrema-direita vistas nos Estados Unidos nos últimos anos.
Grupos nacionalistas de extrema-direita iniciaram a caminhada em um parque e foram até o campus da Universidade da Virgínia, aos gritos de "Vocês não vão nos substituir", em referência aos imigrantes, e "Vidas brancas importam", uma alusão ao movimento que protesta contra a morte de negros por policiais, Black Lives Matter. (Walther Alvarenga)
(Assista ao vídeo e veja o momento do confronto. Carro invade passeata. Cenas são fortes)

Nenhum comentário