O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Turistas britânicos acusados de “bebedeira” e desordem na Espanha.


Moradores protestam contra comportamento abusivo de turistas
Cerca de 20 britânicos desfilaram completamente  nu em Cálvia, Maiorca.
Intensificam na Espanha os pedidos de “Fora Turista”, denotando a intolerância dos espanhóis contra visitantes no país. E desta vez o alvo está sendo os turistas britânicos, pelo excesso de bebidas, comportamento abusivo, incomodando moradores.
 Ativistas espanhóis acusaram os britânicos de terrorismo na Espanha, enquanto a responsável pela área de Turismo no Governo das Baleares, Pilar Carbonell, desenvolve um plano para conter os milhares de cidadãos do Reino Unido que se hospedam na região e fazem algazarra.
Um grupo de 20 turistas britânicos que celebrava a despedida de solteiro de um elemento foi multado por correrem completamente nus, nesta sexta-feira em Calvia, em Maiorca. Os jovens foram logo interceptados pela polícia que os levou à delegacia e lhes aplicou uma multa de 600 euros a cada um. Os turistas pagaram a multa e pediram desculpa pelo comportamento do grupo.
Grupo britânico desfilou completamente nu pelas ruas de Calvia
O Governo das Ilhas Baleares exigiu ao Governo central e à Comissão Europeia que limitem a venda de bebidas alcoólicas durante os voos, como forma de garantir a segurança dos passageiros e dos aeroportos.
Esta solicitação é uma das medidas do Governo da região para garantir a segurança nas zonas turísticas das Ilhas Baleares e combater os comportamentos pouco cívicos de turistas, informou a Conselheira de Inovação, Investigação e Turismo em comunicado. 
Locais de férias como Mallorca e Ibiza estão determinados a limitar o número de turistas para as ilhas, enquanto os moradores locais se chocam com excesso de bebidas e comportamento inadequado dos visitantes.
Em todos os pontos placas contestam invasão de turistas
As reservas em hotéis agora serão rigorosamente controladas, evitando um número excessivo de visitantes, principalmente nas ilhas populares de Mallorca e Ibiza. Os grupos britânicos acusados ​​de causar caos nas cidades costeiras estão na lista de “personas non grata”, o que tem irritado moradores. 
Os hotéis que quebrar a regra terá multa em € 400,000.O ministro do Turismo das Ilhas Baleares, Biel Barceló, acusou os estrangeiros de comportamento sem lei, dizendo que medidas poderiam "trazer ordem" para a indústria em expansão.
 Walther Alvarenga

Nenhum comentário