O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Catalunha ganha independência no voto. Governo da Espanha desaprova referendo.

Dia de luta pelos direitos do povo da Catalunha
Independentistas apelam à greve geral nesta segunda na Espanha

As filas para votar no referendo independentista catalão começaram antes das 5horas (horário local). A repressão policial por volta das 9horas, quando os colégios eleitorais deviam abrir para a consulta popular convocada pela Generalitat, mas que o governo espanhol, apoiado pela justiça, declarou ilegal.

A festa só chegou à noite, com a declaração de Carles Puigdemont de que os catalães "ganharam o direito a ser um Estado independente" e a "viver em liberdade".

O presidente da Generalitat anunciou que vai entregar nos próximos dias os resultados do referendo ao Parlamento para que este atue como previsto na lei e declare a independência. O sim ganhou com 90% dos votos (2 020 144), tendo 7,8% escolhido o não à separação de Espanha, segundo dados oficiais.

Povo catalão quer a independência e grita palavras de ordem
A Praça da Catalunha foi o palco escolhido para a festa, mas face às imagens de violência que geraram condenação internacional - "este já não é um assunto interno, é um assunto europeu" -, a noite não começou com grande celebração.

As faixas coloridas que no palco diziam "olá mundo" e "olá Europa" foram substituídas por faixas negras. Quando Puigdemont falou, rodeado pelo seu governo a partir da Generalitat, vinha de luto.

Domingo tenso no confronto entra a polícia e manifestantes
 "O governo espanhol escreveu uma página vergonhosa na sua relação com a Catalunha", alegou, acrescentando que "infelizmente não é a primeira vez". No final do discurso, soaram foguetes na praça e cantou-se Els Segadors, hino informal catalão.

Haverá greve geral nesta segunda na Espanha. Independentistas apelam à greve, após um domingo de votação marcado por  filas e pela repressão policial

Momento de desespero para quem não conseguiu votar
Foi um domingo tenso na Espanha, com a força brutal da polícia contra os cidadãos que foram às urnas votar em favor do referendo de independência Catalunha. A votação, a conta-gotas, só acelerou depois das 10 horas.

Povo catalão comemora vitória de 90% nas urnas
Pessoas ficaram feridas e polícia agiu com truculência. Foi anunciada a vitória da Catalunha na votação do referendo, mas a pergunta que se faz é a seguinte: E agora? Como será a Espanha dividida?


Walther Alvarenga

Nenhum comentário