O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Países onde cristãos são presos e assassinados pela fé e devoção a Deus

Cristãos enfrentam punição e são presos por amar Jesus
Somália, Coréia do Norte, Índia, China estão entre países intolerantes
Milhões de cristãos em todo o mundo estão enfrentando punições, incluindo prisão, tortura e morte por praticar sua fé, revelou uma nova pesquisa chocante da Open Doors.
Coréia do Norte, Somália e Afeganistão são os países mais intransigentes com os ensinamentos da Bíblia, aponta a pesquisa. A Coréia do Norte foi marcada como o país mais perigoso do mundo para os cristãos desde 2002. 
A Open Doors constatou que o nível global de perseguição cristã aumentou pelo quarto ano consecutivo, com países asiáticos apresentando um aumento particularmente rápido.


Na Índia ritual que cultua deuses estranhos
O estudo aponta que o extremismo islâmico era responsável por uma maior hostilidade em 14 dos 20 maiores países da lista.
E a pesquisa identificou que os seguidores de Jesus vivendo na Índia enfrentaram um nível "muito alto" de perseguição, já que "os nacionalistas hindus batem as igrejas".
O estudo conclui que "milhões de cristãos em todo o mundo vivem suas vidas contra diferentes níveis de discriminação, descoberta, violência e prisão".


Na Coréia do Norte a família de Kim Jong-un é cultuada
O estudo destacou os 50 países onde é mais difícil praticar a fé cristã e classificou os níveis de perseguição como "extremos", "muito altos".
A Coréia do Norte encabeçou a lista por causa da repressão brutal do ditador Kim Jong-un contra os 300 mil cristãos estimados pela nação. 


Na Somália, é proibido ser devoto de Deus.
A família do tirano é adorada como deuses e qualquer sugestão de que existe uma autoridade superior a do líder supremo é "imediatamente esmagada". 
A pesquisa Open Doors diz: "dezenas de milhares de cristãos estão presos em campos de trabalho horríveis, e milhares mantêm sua fé em Cristo em completo segredo - muitas vezes os membros da própria família não sabem de sua fé".
Na Somália sem lei, que ocupa o segundo lugar para a perseguição, a caridade diz que as pessoas até suspeitas de serem cristãs podem ser assassinadas no local.
O grupo militante islâmico al-Shabaab, que é altamente ativo na nação do Leste Africano, exigiu que a Somália "livre de todos os cristãos", como se fosse uma das suas missões.


Na China cristãos são perseguidos
E o estudo Open Doors cita um caso horrível a partir de 2016, quando pelo menos 12 cristãos foram mortos depois que sua fé foi descoberta. A pesquisa da caridade diz no Afeganistão, que ocupa o terceiro lugar no estudo, é ilegal que os afegãos pratiquem qualquer fé além do Islã.
Mas, apesar da proibição, Open Doors estima que existem milhares de cristãos que vivem no país da Ásia Central. A caridade diz: "Os crentes descobertos às vezes são enviados para um hospital mental, pois as famílias acreditam que nenhuma pessoa sensata deixaria o Islã".
A Open Doors diz que 63,9 milhões de cristãos estão vivendo no vasto estado da Ásia do Sul e enfrentam perseguições do Partido Nacionalista Hinduista Bharatiya Janata. "Alguns dos que deixaram o hinduísmo para seguir Jesus foram atacados e até mortos por seus próprios pais".
A China ficou em 39º lugar e há no país um alto índice de perseguição. No país mais populoso do mundo, diz estudo da Open Doors  "um número considerável" de pessoas ainda presas por praticar sua fé.

Walther Alvarenga

Nenhum comentário