O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Matt Damon critica exagero de denúncias de assédio sexual em Hollywood

Matt Damon polemiza com opinião sobre assédio no cinema

Opinião de Matt Damon causa polêmica e revolta atores vítimas

Bastou falar a verdade, colocar na balança a realidade dos fatos para se transformar a opinião em polêmica e contestações. O ator Matt Damon, que tem conduta exemplar em Hollywood, falou o que pensa nesta semana e suas palavras foram como um tsunami no egocentrismo das vítimas de assédio sexual no cinema norte-americano.

Damon, durante o lançamento do seu novo filme, Pequena Grande Vida – no Festival de Veneza -, na Itália, onde seu personagem será reduzindo a 12 centímetros – ele ficará quase que imperceptível aos olhos humanos -, aproveitou a chance para falar o que pensa em meio a onda de denúncias de assédio sexual em Hollywood.

Sem papas na língua, Matt Damon disse que todos “confundem passar a mão em alguém com estupro ou abusar de uma criança”, falou que na maioria dos casos, “estão fazendo alarde”, quando na verdade trata-se de “oportunismo”.

Traduzindo as palavras de Matt Damon, as atrizes e alguns atores estão exagerando em suas denúncias de assédio sexual, trazendo constrangimentos desnecessários, o que poderia ser avaliado antes do alarde. Ele entende que passar a mão não pode ser taxado de estupro, e que muitas pessoas – atrizes e atores – estão fazendo isso.

Matt Damon em cena do filme Pequena Grande Vida
A indignação do ator desencadeou uma onda de revolta nos bastidores do cinema, pois alegam que Damon estaria protegendo os abusadores. “Vivemos nesta cultura do escândalo, que precisamos corrigir para poder dizer: ‘Espere aí. Nenhum de nós é perfeito”, questiona Damon.”Certos comportamentos merecem a prisão, enquanto outros são só vergonhosas e grosseiras”, alfineta.  

“Estamos em um momento decisivo, e isso é ótimo. Mas acredito que uma coisa que não está sendo dita é que existe um grande número de homens – a maioria daqueles com quem trabalhei – que não fazem essas coisas e cujas carreiras não vão ser afetadas”, relata Matt Damon.

“Temos de ter cuidado ao acusar alguém. É um direito de todos, mas disparar contra determinados alvos pode acertar em pessoas que não tem histórico de violência ou desacato”.

Quanto ao seu personagem no filme, Pequena Grande Virada, Matt Damon fez as devidas considerações. “Foi o maior papel pequeno que já tive. Eu adorava a ideia de que, quando fosse miniaturizado, meus problemas também seriam”, revela Damon aos jornalistas durante entrevista.

 Walther Alvarenga

Nenhum comentário