O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Separação de pais e filhos: medida tenta conter invasão na fronteira dos EUA.

Nova medida irá separar os filhos dos pais na fronteira do México
Alternativa de Donald Trump quer combater entrada pelo México
A alternativa encontrada pelo presidente Donald Trump para o combate de entrada ilegal de imigrantes pelas fronteiras do México será a separação de pais de seus respectivos filhos. Quando famílias forem detidas na fronteira, os menores serão encaminhados para abrigos, separados dos pais.
A nova medida – ainda não oficializada –,  foi publicada pelo jornal The New York Times, autorizando que os pais sejam detidos em centros para adultos e as crianças em abrigos separados ou aos cuidados de “tutores”. Kirstjen Nielsen, secretária do Departamento de Segurança Nacional (DHS), não oficializou apoio, entretanto, a Casa Branca disse estar de acordo com o Departamento de Imigração  (ICE).
Donald Trump quer que famílias detidas sejam separadas
O Departamento de Segurança Nacional informa que o órgão passou 2017 revendo as mudanças “políticas processuais, regulatórias e legislativas” com o objetivo de resolver o problema da imigração clandestina. “A administração está comprometida em usar todas as ferramentas legais ao seu dispor para manter a segurança nas fronteiras da nação e, como resultado, continuamos a rever as opções políticas disponíveis”.
O secretário interino Tyler Houlton adiantou que o órgão está explorando “todas as medidas possíveis” para proteger as crianças. “É cruel para os pais colocar a vida de seu filho nas mãos de organizações criminosas internacionais e contrabandistas que possuem respeito zero pela vida humana e geralmente abusam ou abandonam crianças”.
Momento difícil na separação de pais e filho
Em meio a discussões e busca de alternativas para o impasse do fluxo imigratório clandestino nas fronteiras, o secretário do DHS, John Kelly, disse que o órgão somente separaria as pessoas em circunstâncias que apresentassem perigo às crianças.
Fronteira do México e dos EUA é alvo de invasão de "ilegais"
Sabe-se, no entanto, que algumas famílias foram separadas e processadas por entrada clandestina nos EUA, publicou o jornal The Houston Chronicle. O Florence Immigrant and Refugee Rights Project, um provedor de serviços legais no Arizona, informou que identificou 155 casos de separação familiar, até outubro de 2017.
Os advogados argumentaram que a prática é inconstitucional, enquanto a administração tem alegado que a separação é algumas vezes necessária para proteger as crianças dos traficantes de pessoas.
Walther Alvarenga



Nenhum comentário