O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Nova York tem sexta-feira mais fria da história dos EUA: 20 graus negativos.

Neve toma conta de Manhattan. Ruas intransitáveis
Nova York está intransitável, sem contar o frio cortante na cidade.
Segundo meteorologistas, esta foi à sexta-feira mais fria da história dos EUA, com cidades como Nova York e Filadélfia, na Pensilvânia, que chegaram a registrar até 20 graus abaixo de zero. Um dos momentos mais difíceis para quem mora e trabalha em Nova York, por exemplo, com rodovias e aeroportos fechados. Tudo está intransitável, sem contar o frio cortante.
Para que o leitor do BLOG tenha uma noção do que acontece com a nevasca, as saídas de garagens residenciais ficam abarrotadas de neve, e se você precisar sair com o carro é uma tortura. Para remover a neve do veículo, leva quase quarenta minutos ou mais – isso trabalhando duro.
Carros quase que cobertos pela neve
Têm os brasileiros que nessa época do ano ganham dinheiro porque andam pelas ruas residenciais, com uma pá, cobrando até 30 dólares para remover a neve. Evidente que toda ajuda é bem-vinda.
Para pegar a rodovia, todo cuidado é pouco porque o asfalto vira uma pista de gelo, ou seja, o carro desliza a todo o momento, e o motorista não tem o controle o seu veículo, o que gera acidentes.
Pontos turísticos de Nova York tomados pela neve
Outro detalhe é a fome latente. A todo instante o seu organismo pede por alimento, por bebida quente, o que resulta em  aumento de peso nesta época do ano. Sem contar o excesso de agasalhos que você precisa usar. Ainda assim o frio castiga.
Alguém pede por socorro, de forma até carinhosa.
A neve é bonita, atrativa e dá um toque especial na paisagem, entretanto, os transtornos provocados pela neve são inúmeros. Na Filadélfia a situação é caótica com o frio, e a temperatura ameaça despencar neste sábado.
Moradores sofrem para remover a neve do carro
Nova York permanece sob o estado de emergência, bem como Florida, Geórgia, Carolina do Norte e Virgínia. As condições extremas sofridas pelos Estados Unidos, com o frio e a neve, são resultado de uma espécie de "ciclone de bomba".
Todo cuidado é pouco para não cair na neve
O Serviço Meteorológico Nacional descreveu a queda de neve durante a noite desta sexta-feira como "impressionante" com 17,5 polegadas caindo em Brightwaters, Nova York. Pelo menos 18 pessoas morreram até o momento, vítimas do frio intenso.
Evidente que brincar na neve é "um grande barato"
O aeroporto John F Kennedy, de Nova York pediu aos viajantes para que  verificassem suas companhias aéreas antes de aparecerem para o voo. Houve cerca 140 cancelamentos de voo e 130 atrasos no aeroporto até a tarde de sexta-feira, de acordo com o FlightAware. 
Walther Alvarenga

Nenhum comentário