O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Palácio de Windsor quer expulsar mendigos no casamento do Príncipe Harry.

Ativistas criticam retirada dos sem-teto por causa do casamento real  
Bate-boca entre ativistas e policias britânicos gera polêmica. E agora?
O casamento real do Príncipe Harry e Meghan Markle vem provocando descontentamentos e dividindo opiniões em Londres, depois que o líder do Conselho do, Simon Dudley, pediu que a polícia lidasse com a questão dos sem-abrigo, quer que retire os mendigos das ruas.
No comunicado à polícia, Dudley disse que os mendigos poderiam mostrar uma "imagem desfavorável" durante o casamento do Príncipe Harry e Meghan Markle. Disse que a presença de sem-teto é vergonhosa e que poderá ofuscar a cerimônia.
Mendigos reclamam e dizem que ficam nas ruas
A carta foi marcada como "abominável" por ativistas locais e provocou críticas nas ruas de Windsor. Eles contestam e dizem que mendigos são pessoas humildes, que não têm para onde ir, expulsá-los seria constrangedor.
Simon Dudley tentou contornar a polêmica dizendo que: "Existe uma crescente preocupação entre moradores, empresas e visitantes em relação ao número de pessoas que ocupam as ruas de Windsor. Pedintes que abordam pessoas durante o dia, ocupando calçadas e áreas centrais durante a noite.
"O sem-abrigo é completamente inaceitável em uma comunidade como a nossa. Estamos trabalhando para criar a habitação necessária para os esses moradores”, acrescenta Dudley.
Simon Dudley contra homeless nas ruas no casamento real
Obviamente, o nível de interesse turístico é eliminar moradores de rua das proximidades do Palácio de Windsor, durante o casamento real, que acontecerá em maio de 2018. Uma situação polêmica, mas que as autoridades em Londres querem resolver o impasse o mais breve possível.
Em contrapartida, Murphy James, do Projeto Windsor Homeless, mostrou-se aborrecido com o desdobramento dos acontecimentos, criticando a postura dos conselheiros do Palácio de Windsor. "É absolutamente inaceitável que alguém tenha ponto de vista tão radical sobre pessoas nas ruas”, disse.
Casamento de Harry e Meghan irá impulsionar economia britânica
"Se alguém está dormindo na rua não está lá por escolha, ele está lá porque algo deu errado. Agora, tentar empurrar a sujeira para baixo do tapete é inadmissível. Temos que resolver o problema dessas pessoas, não adianta culpa-los e tentar exclui-los", lamenta.
Acessórios para casamento real começam a ser vendidos
A Primeira Ministra do Reino Unido, Theresa May, opinando sobre a questão dos moradores de rua disse que, " acho que é importante que os conselhos trabalhem duro para garantir que estejam providenciando acomodação para as pessoas sem residência”, agora, quanto aos pedintes, que abordam turistas e residentes, “é necessário que os conselhos trabalhem com a polícia para lidar com este tipo de abordagem agressiva", relata.
Teresa May, ao lado de Simon, pede cautela com sem-teto.
Para o casamento real de Príncipe Harry e Meghan Markle é esperado um montante de  £ 500million para a economia do Reino Unido, como milhares de turistas devem dirigir-se para a Grã-Bretanha acompanhar a cerimônia . 
Walther Alvarenga

Nenhum comentário