O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Tragédia em New Jersey: jovem de 16 anos mata família antes do Ano Novo.

Scott Kologi, no centro da mesa, matou a família antes da virada do ano.

Scott Kologi, de 16 anos, usou rifle semiautomático para  matar família.

Uma das tragédias mais horrendas, que deixou pessoas perplexas, aconteceu neste domingo na cidade de Long Branch, no Estado de New Jersey, nos EUA, cerca de meia hora antes da meia noite. Um jovem de apenas 16 anos, Scott Kologi – ele é autista –, é acusado de ter matado os pais, a irmã e uma amiga da família, na noite de passagem de ano.

Sorriso inocente, esconde crueldade de Scott ao matar os pais e a irmã.
Scott usou um rifle Century Arms semiautomático, disse o promotor do condado de Monmouth, Christopher Gramiccioni. O suspeito abriu fogo menos de 20 minutos antes que a família tivesse comemorado o novo ano em Long Branch, disseram autoridades.

A irmã e os pais de Scott foram mortos pouco antes da virada do ano
O rifle Century Arms foi detido e estava registrado no nome de  um membro da família, disse Gramiccioni, mas ele não quis identificar o nome do proprietário da arma.O crime abalou os vizinhos e amigos da querida família Kologi, os pais Steven, de 44 anos, e Linda (42), a irmã Brittany (18) e ainda Mary Schultz, uma amiga de 70 anos, que vivia também naquela casa, e que namorava com o avô de Scott. Todos foram mortos na casa da família, atingidos por tiros de uma arma semiautomática.

Esta senhora foi morta por Scott, ao lado do avô.
Os únicos que sobreviveram a esta tragédia foram o avô e ainda um dos irmãos de Scott Kologi. De acordo com informações da imprensa norte-americana, o jovem de 16 anos é autista e não frequentava as mesmas escolas dos irmãos, sendo a sua mãe, Linda, que diariamente tomava conta dele.

Os motivos para esta tragédia ainda não foram averiguados pelas autoridades, que chegaram ao local do crime poucos minutos após os disparos, alertados por vizinhos.

Casa onde a família foi assassinada, em Long Branch.
Apesar de ter apenas 16 anos e ser autista, a gravidade do crime de Scott Kologi deverá fazer com que o jovem seja julgado como adulto, segundo revelaram fontes das autoridades norte-americanas.

A polícia respondeu a uma chamada do 911 e encontrou as quatro vítimas e prendeu o filho de 16 anos o mais novo dos irmãos –, sem incidentes.O tiro surpreendeu moradores de Long Branch, uma cidade de praia de classe média, a cerca de uma hora ao sul da cidade de Nova York. A polícia avisou os demais familiares de Kologi e todos os vizinhos do bloco que cercava a casa.

Walther Alvarenga


Nenhum comentário