O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Número crescente de imigrantes no Japão. Vietnamitas denunciam maus-tratos.

Jovens vietnamitas reclamam da discriminação no Japão 

Residentes vietnamitas cresceu  36,1% ​​entre 2015 e 2016.

Mudanças importantes ocorrem na demografia de residentes estrangeiros no Japão. O número de vietnamitas que escolheram o reduto japonês para viver cresceu nas últimas décadas. Segundo estatísticas de pesquisa publicada sobre vietnamitas no país, os números no Japão aumentaram drasticamente, quatro vezes desde há cinco anos.

A população imigrante de vietnamitas cresceu  36,1% ​​entre 2015 e 2016. A população vietnamita era de 232 562 no final de junho de 2017, tornando-se a quarta maior nacionalidade, e logo podem ultrapassar as Filipinas (251,934).

Na cidade de Matsudo, com cerca de 484 mil habitantes, a cerca de 21 minutos da Estação Ueno de Tóquio, atualmente possui 15.058 residentes estrangeiros, incluindo uma crescente comunidade de vietnamitas.

Segundo estatísticas maioria de vietnamitas abandonam os estudos 
"Matsudo tem muitas escolas de língua japonesa", diz o chefe do restaurante vietnamita local. "Espalhados de boca em boca entre vietnamitas, o número de estudantes estrangeiros aumentou ".

Mas, segundo relatos de vietnamitas que residem no Japão, o tratamento tem sido rude em relação à comunidade. Nem sempre os japoneses tratam bem os imigrantes vietnamitas.

Grande número de estrangeiros vive em Nagoya
Duan, uma dona de casa de 32 anos, originária de Hanói, relatou: "Os japoneses com quem trabalho são tortuosos. Eles me assustam e eu não me importo muito com isso ".
Duan chegou a quatro anos no Japão como estudante de línguas e acabou se casando com um japonês com 18 anos de idade.

"Um dia eu deixei cair uma caixa pesada no meu pé, no meu trabalho", ela diz magoada. "Mal conseguia andar e ter que procurar atenção médica. Mesmo no dia em que fui ao hospital, a empresa me fez trabalhar, com dor”.

Um intérprete da polícia que trabalha na região de Chubu diz que aproximadamente a metade dos estagiários vietnamitas e os estudantes não conseguem manter seus pagamentos de matrícula escolar e abandonam os estudos. Muitos se voltam para o crime.

Imigrantes no Japão - Segundo dados do governo japonês, o número de residentes estrangeiros legais no Japão no ano passado atingiu 2,47 milhões, ou 1,95% da população total. Sobre uma base proporcional que pode não parecer muito, em comparação à Suíça, onde os não cidadãos representam 29%, ou a Austrália (28%).

A questão começa com o fato de que o número total de residentes estrangeiros no país ultrapassa atualmente a população de 2,31 milhões de Nagoya - a terceira maior cidade do Japão - em mais de 100 mil.

Embora o governo mantenha a posição de que o Japão não está aberto à imigração, de acordo com dados da Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico, em 2015, o Japão admitiu aproximadamente 400 mil imigrantes colocando-se entre as economias avançadas, atrás da Alemanha, dos EUA e do Reino Unido.

As cidades com maior população estrangeira, incluindo vietnamitas, são listadas como Yokohama, com 92.117; Nagoya com 77.668; Kobe (46.831); Shinjuku Ward de Tóquio (que é tratado como um município separado, com 43.354); e Kawasaki (38.651).

Walther Alvarenga



Nenhum comentário