O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Indígenas e muçulmanas, eleitas deputadas nos EUA, prometem polemizar 2019.

Debra Haaland, Sharice Davids, Ilhan Omar e Rashida Tlaib 
Foi a vez da minoria, a maioria democrata, a ocupar cadeira na Câmara

Quem são as mulheres de destaques que assumem o Legislativo dos EUA, deixando evidente que os tempos são outros e que as recentes eleições podem mudar os rumos do país? O BLOG fez pesquisa das eleitas e traz a você, leitor, o que acontecerá na Câmara, no governo e no Senado, que fortaleceu o partido Democrata. E pela primeira vez foram eleitas deputadas muçulmanas e indígenas.

A vitória de Ayana Pressley, que derrotou nas primárias o veterano congressista Michael Capuano, deu o que falar. Ela é personalidade atuante na cidade Boston e defende o fim do ciclo da pobreza em Massachusetts. Ayana é defensora dos direitos dos transgênicos no país.

Já Alexandria Ocasio-Cortez é hoje um caso de popularidade. Ela é a mais jovem congressista dos EUA. Foi forte em seu discurso de campanha e superou três adversários na corrida ao congresso pelo 14.º distrito de Nova Iorque. Foi eleita. Nascida no Bronx, é filha de uma porto-riquenha, ativista socialista democrata que se envolveu na campanha de Bernie Sanders.

Mulheres indígenas e muçulmanas foram eleitas pela primeira vez para o Congresso americano, reafirmando a importância da representação feminina e das minorias do país nas eleições de meio de mandato dos EUA. São elas, Debra Haaland, Sharice Davids (indianas), Ilhan Omar e Rashida Tlaib (muçulmanas). 

Walter Alvarenga


Nenhum comentário