O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Brasileira e seu bebê encontrados mortos na Holanda. Ela tinha um sonho!

Morte misteriosa de Patrícia de Oliveira Santos 

Corpos foram localizados pela polícia na cidade de Diemen, na Holanda.

O sonho do brasileiro que deixa o país é buscar oportunidades, experimentar novas conquistas, atitude do chamado cidadão do mundo. Pessoas que se desapegam de rotinas, de amigos, de locais de lazer – claro, da própria família. Partem para outro país, apostando no horizonte que surge com o ímpeto de vencer.

E nem toda trajetória traçada pelo emigrante se consolida exatamente da forma que ele planejou. Este é o caso da brasileira Patrícia de Oliveira Santos, de 32 anos, que foi encontrada morta em apartamento, na cidade de Diemen, na Holanda.

E, pasme leitor do BLOG, o bebê de Patrícia também foi encontrado morto – ao seu lado. E sabe qual era o sonho da cearense Patrícia? Casar e ter filhos com o noivo holandês, Dennis Van, 48 anos. Ele está preso!

Você pode estar dizendo: Apenas isso? Casar e ter filhos? Não devemos mensurar a dimensão de um desejo. Segundo amigos, uma jovem tranquila e que não oferecia perigo a quem quer que seja.

Mas o que aconteceu? É o que a polícia holandesa está investigando. O noivo dela, Dennis, está preso e a polícia investiga se ele participou das mortes que aconteceram em circunstâncias ainda não esclarecidas.

Entenda o caso

Patrícia é de Fortaleza e vivia com a família em condições bem simples de vida. Ela conheceu Dennis Van, que ia a Fortaleza periodicamente. Eles se apaixonaram e começou um relacionamento. Ficaram noivos.

Dennis passou a visitar o Brasil com mais frequência para ver a noiva, até que ela se mudou para a Holanda, cidade de Diemen. O casal mantinha um relacionamento de três anos.

E o que parecia ser um sonho para a jovem cearense, se transformou em tragédia. Patrícia foi encontrada morta em um apartamento na cidade de Diemen, na Holanda, junto com um bebê, também morto. Os corpos foram localizados pela polícia. Até o momento, tudo ainda é uma incógnita.

Walther Alvarenga

Nenhum comentário