O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Alerta: Batom vermelho contém substâncias que podem ser prejudiciais à saúde!


 
Em Portugal foi dado alerta de perigo ao uso de batom vermelho
Atenção mulheres, Portugal acende o alerta vermelho quanto ao uso de batom

Atenção mulheres, cuidado com batom vermelho, pode ser prejudicial à saúde. A notícia é assunto em Portugal e o BLOG mostra o alerta da DECO - Associação Portuguesa para a Defesa do consumidor -, que afirma que dos sete batons testados, três têm substâncias que podem trazer efeitos negativos na saúde. 

De acordo com os estudos da DECO, os batons da marca, ‘Avril’, ‘Kiko’ e ‘Mac’ - ainda não levantei se estas marcas de batom circulam nas perfumarias do Brasil -, possuem MOAH (hidrocarbonetos aromáticos de óleos minerais).

Também contêm MOSH e POSH em quantidades superiores às consideradas seguras, sendo que o primeiro nem cumpre as recomendações da própria indústria ‘Cosmetics Europe’. 

Segundo o levantamento da DECO, o MOSH, o POSH e o MOAH - substâncias presentes nos batons - são componentes de óleos minerais derivados do petróleo.

"Os óleos minerais são usados nos produtos cosméticos, entre outros, como suavizantes, protetores da pele e reguladores da viscosidade. Apesar da sua utilidade, os componentes despertam preocupações quando utilizados em batons”, diz a nota da DECO.

“O mesmo vale para contaminantes como os metais pesados. Ingeridos, o que é um cenário real no caso dos batons, podem implicar risco de mutações genéticas e tumor", explica a DECO.  

A lei proíbe o recurso a metais pesados nos cosméticos. A única exceção é se for "tecnicamente impossível impedir a sua presença" e, neste caso, têm de serem cumpridas as boas práticas de fabricação.
Alerta do BLOG

Seria interessante consultar especialistas na área para as devidas informações. Em Portugal a DECA acendeu o alerta vermelho e as mulheres na Europa estão reticentes quanto ao uso do batom vermelho, das marcas acima citadas. (Fonte DECA – Consulte o site - https://www.deco.proteste.pt/

Walther Alvarenga



Nenhum comentário