O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Castigo à Rússia, banida das Olimpíadas de Tóquio, gera revolta entre atletas.

Castigo aplicado à Rússia com base nas investigações que duraram seis anos

Agência Mundial Antidopagem baniu Rússia de competições internacionais

O clima é de desolação e revolta entre os atletas russos. Quatro anos de fora de provas internacionais, Jogos Olímpicos de 2020 e Mundial de futebol de 2022 incluídos, representa o fim de um sonho para jovens que apostavam disputar as olimpíadas de Tóquio, no Japão.

A Agência Mundial Antidopagem (AMA) baniu a Rússia de todas as competições internacionais durante quatro anos, uma decisão tomada por unanimidade pelos 12 membros do órgão na sequência dos escândalos de doping entre 2011 e 2015 que tiveram o apoio estatal e que foram tornados públicos há cerca de seis anos.

O castigo aplicado à Rússia com base nas investigações que duraram seis anos sobre um esquema de doping generalizado com apoio estatal, é um duro golpe na história do desporto, uma medida sem precedentes.

A Rússia pode recorrer desta decisão para o Tribunal Arbitral do Desporto –TAS. Tem 21 dias para tentar virar o jogo, mas são poucos os que acreditam numa reviravolta nesta decisão inédita dada a clareza dos fatos imputados.

A própria AMA considera que dificilmente o TAS anulará os quatro anos fora das competições internacionais.

Walther Alvarenga

Nenhum comentário