O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Protestos e emoção marcam despedidas a George Floyd, no Texas.


 
Foram momentos de emoção no sepultamento de George Floyd

Pessoas se juntaram na igreja Fountain of Praise para mostrar suas condolências. Placas com mensagens como "Juntos por causa de George Floyd" e "Black Lives Matter" – vidas negras importam.

 Foram exatamente seis dias de cerimônias para George Floyd, que morreu quando estava sob custódia da polícia de Minneapolis. A sua morte desencadeou  onda de protestos nos EUA, na Europa e no Brasil, gritando contra o racismo de instituições como a polícia. Foram momentos de emoção hoje, em Houston, no Texas, durante o sepultamento de Floyd, ao lado da mãe, mobilizando pessoas em várias partes do planeta.

Cartazes diziam "Vidas negras importam"
Pessoas se juntaram na igreja Fountain of Praise para mostrar suas condolências. Algumas delas levaram placas com mensagens como "Juntos por causa de George Floyd" e "Black Lives Matter" – vidas negras importam.

A cerimônia de sepultamento de Floyd se destacou pelo discurso incisivo do reverendo Al Sharpton. Ele pediu o fim da violência policial contra a população negra, mencionando o policial flagrado ajoelhado sobre o pescoço de George Floyd –  o que indicam perícias, que causou a morte do ex-segurança. O gesto se tornou um símbolo dos protestos. "Tirem seus joelhos de nossos pescoços!", disse  o reverendo Al Sharpton.

Familiares de Floyd na despedida
Policiais da Universidade do Sul do Texas, que fizeram a segurança da entrada da igreja, usavam máscaras com a frase, "eu não consigo respirar", dita por Floyd antes de morrer. Essa universidade tem uma tradição de ter alunos negros, e fica perto de um conjunto residencial onde Floyd cresceu.

George Floyd morreu em 25 de maio, após ter sido detido pela polícia em Minneapolis. Foi um momento cruel e as imagens que percorrem o mundo mostram o policial branco, Derek Chauvin, pressionando o pescoço de Floyd com o joelho, durante 8 minutos e 46 segundos, enquanto ele dizia que não conseguia respirar. Ele morreu minutos depois.  

O grito de guerra da população negra dos EUA
Segundo a policia de Minneapolis, Floyd foi detido por supostamente usar uma nota falsa de US$ 20 em um mercado.

Dereck Chauvin e outros três policiais que também participaram da abordagem foram demitidos, presos, e acusados pela morte de Floyd. Eles podem ser condenados a até 40 anos de prisão cada.

Walther Alvarenga

#NãoSaiadeCasa

Nenhum comentário