O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Coronavírus na Coréia do Norte: Kim diz que vírus foi ‘trazido’ por um traidor do sul!

Kim Jong-un diz que o vírus foi levado por um traidor

Primeiro caso de contágio na cidade de Kaesong, que foi fechada. Seul confirma que um fugitivo que chegou em 2017 teria retornado ao norte nadando há alguns dias.

O que parecia ser improvável aconteceu na Coreia do Norte. O país entra em estado de emergência para o coronavírus com um caso suspeito de Covid-19, relatado pela primeira vez pelas autoridades. Apenas um caso, na cidade de Kaesong, perto da fronteira com a Coréia do Sul, que foi trancada .

 Kim Jong-un convocou uma reunião extraordinária do Politburo, chamou a situação de "crítica" e ordenou que "o sistema anti-Covid-19 estivesse em situação de emergência máxima". 

O "bloqueio total de Kaesong e o isolamento de cada distrito e região um do outro" se seguiu imediatamente. Diz-se que o "paciente zero" da Coréia do Norte é um desertor que volta do sul .

Uma circunstância que poderia abrir uma nova frente de crise entre Pyongyang e Seul . O regime havia fechado sua fronteira com a China e a Rússia desde o início de janeiro, também renunciando ao fluxo vital de turistas chineses, para evitar a propagação da epidemia. 

A fronteira com a Coreia do Sul é sempre fechada e fiscalizada por soldados. Até o momento, Pyongyang nunca havia declarado casos de contágio , embora o desaparecimento de Kim da cena pública em abril por três semanas e depois outros longos períodos entre maio e junho tenha suspeitado que a situação poderia ser preocupante do ponto de vista da saúde.

Quando Kim reapareceu, no início de maio, diante de uma reunião popular, milhares de pessoas usavam máscaras, até os dignitários políticos e militares ao redor do respeitado líder tinham nariz e boca cobertos. Apenas Kim Jong-un nunca era fotografado com uma máscara.

Walther Alvarenga

#NãoSaiadeCasa


Nenhum comentário