O Mundo Emigrante passa por aqui!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

China gaba-se e tira a máscara! O resto do mundo padece com Covid-19

Ninguém estava de máscara na festa da cerveja em Qingdao 

China de volta à normalidade com mais ajuntamentos e menos máscaras. O festival da cerveja em Qingdao, onde o uso de máscara não é obrigatório, atraiu um aglomerado de pessoas

Enquanto que o resto do mundo padece com os altos índices da Covid-19 – Espanha , Itália e França sofrem com a volta de novos casos – , a China gaba-se do sucesso no controle do vírus que teve origem numa das suas cidades – Wuhan. As atividades econômicas reabriram quase como antes da pandemia e as pessoas aliviaram as medidas de prevenção.

Enquanto isso, no Brasil, nos EUA, na Índia, e demais países, seguimos na corda bamba, sem a certeza de absolutamente nada, frente o índice alarmante de infectados. E enquanto a vacina não chega, é um salve-se quem puder, com o uso de máscara isolamento social e tantas recomendações, que nos tornamos reféns do medo. O vírus é letal e todos sabem disso!

No país dos homens amarelos, a China, tudo volta ao normal depois de ter, aparentemente, controlado a disseminação do novo coronavírus, mas há quem receie que o abrandamento das medidas esteja acontecendo demasiado cedo. Sabe-se que, segundo dados oficiais não há novos casos de transmissão há nove dias consecutivos.  

A festa de música eletrônica que juntou milhares de pessoas em Wuhan, no último dia 15 de agosto, gerou uma onda de críticas — mas também de apoio.

Em Shangai que também atrai milhares de participantes, o festival da cerveja em Qingdao, onde o uso de máscara não é obrigatório tudo foi bem, mostrando uma vida mais próxima da normalidade e muito mais social.

Os órgãos de comunicação social ligados ao governo chinês não perdem a oportunidade de dizer que a China só pode ter novamente grandes ajuntamentos de pessoas porque soube controlar o vírus, ao contrário dos EUA.

Em contrapartida, o presidente Donald Trump acusa abertamente a China de ter produzido e potencializado o coronavírus, “causando a morte de milhões de pessoas”.

Na verdade, a China conseguiu isolar os seus habitantes, faz testes em massa e continua a controlar os códigos digitais da população para garantir que se mantém saudáveis e não viajaram para nenhum país de risco.

Walther Alvarenga

#NãoSaiadeCasa

Nenhum comentário